Saúde

Nova Técnica de Revitalização do Ovário Permite Gravidez Para Mulheres com Menopausa Precoce – Saiba Mais

mulher-gravida

 

 

 

 

Uma em cada cem mulheres sofre com menopausa precoce. Esse tipo de menopausa acontece antes dos 35 anos de idade, e pode ser causada por diversos fatores como genética, endemetriose, quimioterapia, radioterapia, infecções bacterianas, e etc. Quando a mulher sofre com a menopausa precocemente, automaticamente não pode gerar mais filhos. Mas isso mudou com o resultado positivo de um estudo realizado pela parceria de médicos japoneses e americanos.

 

Saiba Mais

O resultado do estudo de médicos dos Estados Unidos e do Japão, foi divulgado pela publicação científica da Proceedings of The National Academy of Sciences, e uma mulher vítima de menopausa precoce deu a luz a um bebê.
Isso foi possível devido à técnica desenvolvida, que consiste na remoção dos ovários da mulher e na sua "ativação" feita em laboratório. Após os médicos reativarem os ovários, os médicos fizeram um reimplante de fragmentos do tecido do órgão. Os estudos ainda estão no início e precisam ser aprimorados para que um número maior de mulheres se beneficie, porém já possui um grande otimismo em relação aos resultados futuros.
O estudo foi desenvolvido com a ajuda de 27 mulheres voluntárias, que se tornaram inférteis ao redor dos trinta anos de idade. Toda mulher nasce com um número de óvulos, que na verdade são espécies de folículos, que amadurecem durante a vida, se transformando em óculos. O método desenvolvido pela Universidade de Stanford (EUA) e Escola de Medicina de St. Marianna (Japão), foi
de reativar os folículos dormentes nas mulheres voluntárias, cortando primeiro os ovários em fragmentos, e depois aplicando uma fórmula química para o desenvolvimento do óvulo.
Esse tipo de tratamento de cortar os óvulos em fragmentos, já havia sido usado em tratamento de fertilidade, mas pela primeira vez aplicado em mulheres nesse período de menopausa. Depois que os fragmentos são devolvidos para as trompas uterinas, as mulheres precisam passar por uma terapia hormonal.
Do total de 27 mulheres, 8 delas apresentaram desenvolvimento dos óvulos depois do método, e tiveram o material recolhido para reprodução in vitro. Até o momento da divulgação da pesquisa, uma mulher conseguiu ter um bebê e outra está grávida.
Essa técnica irá ser aprimorada com o intuito de beneficiar outras mulheres que possuem o mesmo problema, e para aquelas que sofreram com câncer e tratamentos como quimioterapia.

Big1News, trazendo o melhor para você. Não se esqueça de deixar o seu comentário.

Print Friendly, PDF & Email

Comente Via FaceBook

Comentários

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.