Beleza

Tatuagem Para Olheiras – Como é Feita e Riscos

Tatuagem Para Olheiras o procedimento promete efeito natural. As olheiras tem sido um grande problema para muitas mulheres. Ela pode aparecer devido a falta de sono, genética, flacidez da pele ou rugas pode potencializar. Entretanto o procedimento  tem causado muita polêmica e não é indicado pelos dermatologistas.

Como é Feita a Tatuagem Para Olheiras

Além das técnicas caseiras, há procedimentos dermatológicos que prometem acabar com as olheiras. Entre eles podemos citar o peeling, a aplicação de laser, o preenchimento com ácido hialurônico, a drenagem linfática, a luz pulsada e a micro pigmentação. Recentemente a cantora Gretchen realizou este procedimento  chamando a atenção para esta opção de tratamento.

Um tatuador de São Paulo promete acabar com as olheiras com sua técnica exclusiva. Rodolpho Torres realiza a camuflagem há cinco anos. Além das olheiras, ele ainda usa o método para cobrir estrias, cicatrizes, manchas de vitiligo e até refazer aréolas. Há dois anos e meio, seu estúdio só faz esse tipo de cobertura. A tatuagem para cobertura de olheiras é uma técnica estético reparativa. Ela é feita como uma tatuagem convencional, utilizando a mesma máquina, agulha e tipo de tinta dos desenhos decorativos feitos na pele. A principal diferença é a região, que é mais sensível e exige cuidados. O tatuador Rodolpho conta que o segredo está na aplicação, regulagem e mistura de tintas especiais que desenvolveu. A principal dificuldade é não deixar contraste entre a área tatuada e a pele do resto da face.

De acordo com ele, esses ajustes não tornam o procedimento diferente de uma tatuagem convencional para quem está sendo tatuado. Como a região tem uma pele fina e sensível, o profissional aplica uma pomada anestésica.  A cicatrização de uma tatuagem convencional passa pela criação de uma casca fina sobre a pele que vai caindo aos poucos. Em geral, esse período pode durar até um mês.

Riscos da Tatuagem Para Olheiras

A técnica de camuflagem, no entanto, não é aprovada pela Sociedade Brasileira de Dermatologia Brasileira. Segundo ela este tipo de procedimento pode causar riscos à saúde. Segundo alguns dermatologistas o procedimento pode até piorar as olheiras se a pigmentação ficar mais clara ou mais escura do que o resto da pele, por exemplo. Isto porque o pigmento que é introduzido pode alterar durante o tempo e a pele fica com outra pigmentação. Desta forma a olheira pode ser ressaltada com o passar dos anos.

Ainda existe a questão de alergias que algumas pessoas possam ter e só percebem na hora que acontece alguma reação. A região do olho abrange estruturas importantes que podem ser prejudicadas pelo procedimento, como o globo ocular, por exemplo. Embora o risco não seja alto existe um risco de cegueira provocada pela técnica.

Agradecemos a visita em nosso site. Procuramos trazer sempre o melhor para você. Gostou da matéria! Todo cuidado neste tipo de procedimento é importante por ser em uma área delicada! Deixe seu comentário.

Print Friendly, PDF & Email

Comente Via FaceBook

Comentários

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.