Prestação de serviços

Tarifa Branca Na Conta de Luz – Como Funciona

Tarifa Branca Na Conta de Luz é a nova cobrança que entra em vigor a partir de 1º de janeiro de 2018 uma opção criada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) para ajudar a alguns consumidores a diminuir os custos da conta de luz. Segundo a Proteste Associação de Consumidores a nova modalidade de tarifa pode ajudar a alguns economizarem, mas outros podem ter o efeito inverso.  Este modelo de tarifação terá horários em que a energia será mais barata do que se paga no modelo convencional, porem em outros intervalos de tempo a tarifa ficará mais cara.

Como Funciona a Tarifa Branca Na Conta de Luz

A Aneel dividiu períodos do dia como “de ponta”, “intermediário” e “fora de ponta”; sendo que, no último, a energia ficará mais barata para os moradores.  Horários de “ponta” são as três horas de maior consumo de energia de cada distribuidora normalmente, as primeiras horas da noite; “intermediários” são os consumos no período de uma hora anterior e posterior ao horário de ponta; e “fora de ponta” são todos os outros horários. Isso significa que o formato é a regulamentação do “tomar banho fora do horário de pico”, por exemplo, que muita gente já faz para economizar energia. A diferença é que estes períodos serão detalhados na fatura e estipulados claramente por cada distribuidora de energia.

A nova opção de tarifa será liberada aos poucos para os consumidores, de acordo com sua média de consumo mensal. Os primeiros que irão ter a permissão para migrar para a tarifa branca serão aqueles que costumam consumir muita energia. Segundo informou a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), quem consome acima de 500 kWh pode aderir a partir de 01/01/18; entre 250 e 500 kWh, após 01/01/19; e abaixo de 250 kWh, só em 01/01/20. “Quanto mais o consumidor deslocar seu consumo para o período fora de ponta e quanto maior for a diferença entre essas duas tarifas (convencional e branca), maiores serão os benefícios da tarifa branca”, informa a Agência.

Compartilhamos abaixo tabela de horário de ponta das principais operadoras:

A Proteste  orienta  que o consumidor não opte pelo novo sistema se a sua família só têm o final da tarde e o início da noite livres. Mas se, por exemplo, morar sozinho e estuda ou trabalha à noite, deixando a casa vazia neste horário, a adesão é altamente recomendada.

Fonte: O Globo

Agradecemos a visita em nosso site. Procuramos trazer sempre o melhor para você. Gostou da matéria! Antes de aderir a nova modalidade de cobrança de energia avalie se vale a pena realmente! Deixe seu comentário.

Print Friendly, PDF & Email

Comente Via FaceBook

Comentários

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.