Scroll Top

Saúde

Quais os Incômodos Comuns no Fim da Gestação – Dicas e como Prevenir

incomodos-gravidezNos primeiros meses não tem muita complicação, mas quando vai chegando o sexto mês, a gestante começa a sentir dores e incômodos.Dão-se inicio as dores nos pés por estarem inchados, além da azia, prisão de ventre, dor nas costas, não tem uma posição certa para dormir. Os desconfortos intestinais, a dificuldade para evacuar isso porque o bebê está ganhando peso e já está muito grande, não se adaptando mais ao tamanho do útero. Confira quais são os incômodos mais comuns na gestação e como prevenir.

Dicas e Como Prevenir Incômodos Comuns no Fim da Gestação

Inchaço nos pés: O útero vai se expandindo conforme o bebê vai crescendo. Isso faz com que os vasos sanguíneos sejam comprimidos e dificulta a circulação de sangue, o que causa dilatação no sistema vascular periférico. A circulação mais lenta e prejudicada faz com que ocorra os inchaços nos pés, que também são favoráveis por presença de líquidos nas camadas subcutâneas. É recomendado o uso de meias elásticas e caminhar para ativar a panturrilha e o bombeamento de sangue.

Dores nas costas: Conforme o fim da gravidez se aproxima, o bebê começa a se encaixar na arcada estrutural, na região pélvica, o que força uma abertura na ligação entre os ossos. As contrações se tornam mais intensas e a dor nas costas aparece. A única maneira de amenizar essa situação é dando maior flexibilidade ao corpo, com práticas de atividades como hidroginástica, ioga ou pilates, com orientação do médico e supervisão de um profissional.

Dormir: Quando a barriga da gestante começa a ficar muito grande, achar uma posição confortável para dormir se torna uma tarefa muito difícil, principalmente quando a gravidez é de gêmeos. Isso pode levar a futura mamãe a dormir mal e perder as preciosas horas de sono. É recomendado que se durma de lado, com um travesseiro entre os joelhos e a barriga bem apoiada na cama. Colocar um travesseiro nas costas pode ser outra boa opção para aliviar o incômodo.

Azia: O crescimento da placenta faz com que o músculo do diafragma fique elevado, diminuindo o tamanho e capacidade de reserva do estômago. Além disso, as alterações hormonais provoca relaxamento da válvula que controla a passagem dos alimentos para o estômago. Esses dois fatores aumentam o refluxo do conteúdo estomacal para o esôfago, e consequentemente, provoca a azia. Para evitar essa sensação, o ideal é que a mulher coma menos e mais vezes ao dia. Faça refeições pequenas no lugar de três principais. Mastigue muito bem os alimentos e evite misturar líquidos enquanto come. Também não deite logo após as refeições, e evite muito doce ou frituras.

Câimbras: A ação hormonal e a compressão do sistema vascular favorecem o aparecimento das gravida-incomodoscâimbras, principalmente no período da manhã. A oxigenação dos músculos das pernas fica comprometida devido a dilatação dos vasos periféricos e da diminuição do fluxo sanguíneo. Utilize meias elásticas e faça exercícios físicos para melhorar o fluxo de sangue.

Falta de ar: O aumento do tamanho da criança também faz com que o pulmão seja comprimido e reduz a capacidade respiratória da mulher. Isso pode levar a crises de falta de ar. Evite maiores esforços e controle a respiração inspirando e expirando com maior frequência e menos profundidade.

Big1News, trazendo o melhor para você. Não se esqueça de deixar o seu comentário.

Print Friendly

Comente Via FaceBook

Comentários

1 Estrelinha =(2 Estrelinhas3 Estrelinhas4 Estrelinhas5 Estrelinhas =) Classifique Nosso Artigo de 1 à 5 Estrelas :)
Loading...

Você Vai Gostar de Lêr:

Artigos Relacionados à Quais os Incômodos Comuns no Fim da Gestação – Dicas e como Prevenir!

Seja o primeiro a comentar!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo: