Scroll Top

Diversos

Quais os Cuidados e Como Cuidar de Hamster – Alimentação, Onde Criar, Higiene e Principais Doenças

hamster-anaoOs hamsters são ótimos animais de estimação, principalmente para quem mora em apartamentos ou casas que não possuem muito espaço, pois eles são pequenos, ocupam pouco espaço e são muito fáceis de cuidar. É um pet perfeito para quem mora sozinho também, pois eles não precisam receber atenção ou cuidados durante todo o tempo, embora assim como qualquer outro animal, também precisem de cuidados.
Para adquirir um hamster, procure um que tenha entre 4 a 7 semanas de vida. Quanto mais jovens, mais fácil de domesticar o animal. Existem também dois tipos de hamster, o dourado e o da Sibéria, o último sendo conhecido como hamster anão também. A maior diferença entre as duas espécies é que o hamster da Sibéria (ou anão), é mais difícil de domesticar, enquanto os dourados se tornam facilmente um animal doméstico e dócil.

Alimentação

O hamster é um animal pequeno e que não consome muita comida. Há no mercado uma mistura de alimentos preparados industrialmente, ou seja, rações, próprias para essa espécie. Alimente o seu animal com ração duas vezes ao dia e em pequenas quantidades. Porém, não alimente somente com ração, dê pequenos pedaços de frutas e verduras durante o dia também. Sempre que for introduzir um novo alimento na dieta do bichinho, comece colocando porções pequenas, pois o sistema digestivo precisa se acostumar.

Onde Criar

A principal vantagem de criar um hamster é que ele ocupa pouco espaço, podendo ser criado em apartamentos ou casas pequenas também. O hamster deve ficar em gaiolas, que não devem ser muito pequenas, pois é importante que o animal se movimente pelo espaço. Coloque essa gaiola em um local da casa longe da luz direta do sol e de correntes de ar. Providencie brinquedos que eles possam roer, ou tubos de papelão (os de papel toalha ou papel higiênico) para que eles brinquem. Também é importante que o animal pratique exercícios, evitando obesidade. Rodas de exercícios para as gaiolas são vendidas em pet shops.

Higiene

Forre a gaiola do hamster com serragem ou pinho, pois esses materiais absorvem a urina do animal, diminuindo o odor. É necessário que a gaiola seja lavada ao menos uma vez por semana com água e desinfetante, limpando todos os resíduos de urina ou fezes. No entanto, a troca da serragem deve ser feita sempre que houver necessidade, quando está muito suja ou cheirando mal, por exemplo.
Nunca dê banho no hamster. Eles são animais que se limpam sozinhos e não cheiram mal. Caso houver mau cheiro, troque a serragem.

Principais Doençashamster-dourado

Os hamsters são animais resistentes e podem viver saudáveis caso sejam cuidados e alimentados corretamente. No entanto, algumas doenças podem surgir e os sintomas são: perda de apetite, espirros, pelagem mal tratada ou queda de pelos, cauda molhada, diarreia ou descargas do nariz ou olhos.
Os problemas mais comuns dos hamsters são:

  • Abcesso: cortes ou arranhões na pele que acumulam pus;
  • Infecções respiratórias: causado por friagem ou corrente de ar e o animal pode desenvolver pneumonia;
  • Rabo molhado: é como uma diarreia aguda, onde o rabo do animal fica molhado constantemente devido à evacuações. É altamente infecciosa e muito difícil do animal sobreviver;
  • Diarreia: uma diarreia simples é comum nesses animais, causadas por alimentos diferentes ou por excesso de alguma comida. Se recuperam com facilidade.

Os hamster podem apresentar outros tipos de doenças e infecções, porém sempre que ele apresentar sinais ou comportamento incomum, procure um veterinário para que possa identificar o problema e indicar o melhor tratamento.

Big1News, trazendo o melhor para você. Não se esqueça de deixar o seu comentário.

Print Friendly

Comente Via FaceBook

Comentários

1 Estrelinha =(2 Estrelinhas3 Estrelinhas4 Estrelinhas5 Estrelinhas =) Classifique Nosso Artigo de 1 à 5 Estrelas :)
Loading...

Você Vai Gostar de Lêr:

Artigos Relacionados à Quais os Cuidados e Como Cuidar de Hamster – Alimentação, Onde Criar, Higiene e Principais Doenças!

Seja o primeiro a comentar!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo: