Saúde

Germes Em Objetos – Dicas

Germes Em Objetos que ás vezes nem sequer nos lembramos ou reparamos. Ir trabalhar, por exemplo, e usar o ônibus publico faz com que se tenha seis vezes mais chance de ficar doente do que preferir fazer uma caminhada ou ir com seu carro. Isto é o que afirma os especialistas. Muitos já sabem que os germes costumam habitar em cartões, celulares, teclados e outros objetos usados no dia a dia. Mas, é preciso limpá-los constantemente e usá-los com cuidado.Alguns lugares que pensamos ser onde existem mais germes, como o assento do vaso sanitário, são mais limpos do que parecem.

Dicas de Germes Em Objetos

O microbiologista Charles Gerba, da Universidade do Arizona, nos EUA explica que isso acontece porque muitas pessoas os limpam antes de usá-los  justamente porque o acham muito sujos. Existem os agentes patogênicos como E. coli e Samonelas que fazem muito mal a saúde. Mas, a maioria das bactérias, vírus e outros micróbios que habitam na nossa vida costumam ser inofensivos para a saúde.

Compartilhamos abaixo alguns locais com maior incidência de germes:

Botões do elevador nos lugares públicos que são apertados variam e variam vezes e por diversas pessoas. E também os botões de semáforos para pedestres, por exemplo. Embora seja óbvio, muitos nem se quer se lembra da possibilidade de germes.

Área de descanso do escritório também é um lugar que passa desapercebido. Normalmente fica na área da copa e alça da cafeteira pode ser um dos locais perigosos. Segundo estudo em 2012 na Universidade Arizona a torneira da pia e a alça da porta do forno de micro-ondas também tem maiores níveis de contaminação.

O menu do restaurante e que todos clientes pegam para escolher o que vai pedir. Nem sempre é bem higienizado e durante a pesquisa feita foram encontrados em média 185 mil bactérias em menus de vários restaurantes em três estados americanos. Segundo o microbiologista é provável encontrar cem vezes mais bactérias em um menu pegajoso do que em um assento de banheiro.

Segurar na barra do carrinho de compras quando vamos ao supermercado nas pesquisas foram encontrados o Escherichia coli que esta ligado à fezes de animais e seres humanos e pode causar infecções intestinais bem graves. Os supermercados costumam desinfetar regularmente os banheiros e ambientes da loja, mas não os carrinhos de compra.

As malas, carteiras e bolsas normalmente não são lavadas e costumam ser usadas por anos. Elas quase sempre são deixadas em mesas de restaurante, fast-food, banheiros, mesas de cozinha, etc. Em 2015 foi feito um estudo pela cientista Susheela Biranjia-Hurdoyal e sua equipe constatou uma encontrou contaminação bacteriana em 95% das bolsas analisadas, tanto de homens quanto de mulheres, dos quais 26% apresentaram crescimento bacteriano moderado ou grande.

Agradecemos a visita em nosso site. Procuramos trazer sempre o melhor para você. Gostou da matéria! É muito importante higienizar as mãos sempre que possível! Deixe seu comentário.

Print Friendly, PDF & Email

Comente Via FaceBook

Comentários

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.