Diversos

Ervas Frescas Ou Secas – Como Usar

Ervas Frescas Ou Secas para cozinhar e deixar um gostinho diferente na finalização do prato. Mas, não é só isto elas também são importantes porque estes temperos contem nutrientes muito benéficos para a saúde.

Como Usar Ervas Frescas Ou Secas

Sabemos que os aromas aguçam o paladar e as ervas são muito utilizadas como temperos no preparo de diversos pratos. Ela são aromáticas, proporcionam maior sabor aos alimentos. A duvida sempre surge no momentos de saber quando e como usar ervas frescas ou secas e as diferenças.Na verdade, as ervas secas são apenas o resultado da desidratação das ervas frescas. Essa é a diferença básica entre uma e outra. Desta maneira, ervas secas e desidratadas podem ser conservadas por semanas enquanto as ervas frescas raramente duram mais que alguns dias, por exemplo. Usando as ervas na alimentação é possível até diminuir a quantidade de sal nas refeições. Com isso os pratos ficam muito mais saudáveis.

Compartilhamos abaixo como utilizar as ervas desidratadas:

Se usar a erva for desidratada, não espere até o final do cozimento para adicioná-la. Ela seca precisa de mais tempo para liberar seus aromas e se misturar aos sabores do prato. As ervas que mais retém o aroma são aquelas em formato de arbustos, como o orégano, o tomilho e o alecrim. Ervas mais tenras, como o manjericão e a cebolinha, perdem muito do seu aroma, e por isso são melhores quando usadas frescas.  Caso venha a substituir a erva fresca pela erva seca, não se esqueça de que a erva seca tem sabores mais concentrados e por isso devera usar uma porção menor. Use cerca de 2/3 do que você utilizaria se fosse uma erva fresca.

Compartilhamos abaixo como utilizar as ervas frescas:

A erva fresca deve ser acrescentada no final do cozimento ou com o prato pronto. O manjericão deve ser adicionado à pizza depois que ela sair do forno, por exemplo. Já o tomilho fresco deve ser adicionado à sopa momentos antes de finalizar o cozimento. As ervas frescas são muito indicadas para pratos que não vão ao fogo ou que terão muito pouco tempo de cozimento. Por exemplo, as saladas e em alguns molhos. Se desejar pode combinar as ervas desidratadas com as frescas. Coloque um pouco de ervas secas no início do cozimento para que os sabores se misturem. Acrescente um pouco de ervas frescas ao final para realçar o sabor.

Agradecemos a visita em nosso site. Procuramos trazer sempre o melhor para você. Gostou da matéria? Saber utilizar as ervas é importante e pode deixar o prato mais saudável! Deixe seu comentário.

Print Friendly, PDF & Email

Comente Via FaceBook

Comentários

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.