Dieta

Dieta Ortomolecular – Como Funciona e Cardápio

Dieta Ortomolecular ela foi criada por um químico americano Linus Pauling com o objetivo de corrigir o equilíbrio do organismo. A dieta visa eliminar as carências e excessos de vitaminas e sais minerais através de uma alimentação totalmente natural.

Como Funciona Dieta Ortomolecular

A dieta ortomolecular pretende nutrir o organismo de forma correta de maneira natural. A dieta pretende também reparar deficiências que acontecem por causa do consumo de alimentos industrializados. Seu principal objetivo é desintoxicar o organismo retirando todas as substancias de radicais livres que provocam o envelhecimento e ainda podem causar varias doenças.

A tese ortomolecular assegura que quando se supre as carências do organismo e se corrigi os excesso através da alimentação natural e suplementação nutricional o metabolismo melhora. E com isso acontece a perda de peso e a melhora da qualidade de vida sentindo assim uma melhor disposição, a pele fica mais bonita, as unhas ficam mais fortes e os cabelos mais brilhantes. Os adeptos da tese ortomolecular garantem que até mesmo acontece uma melhora significativa da libido.

Cardápio da Dieta Ortomolecular

A dieta ortomolecular procura tratar a raiz do problema que são os elementos essenciais para o funcionamento do corpo. É feito portanto um estudo profundo do corpo através de exames de sangue e outros exames para saber o que existe em excesso e o que está faltando no organismo.

Compartilhamos abaixo os alimentos da dieta ortomolecular para compor cardápio:

A variedade alimentar é grande nesta dieta, mas há restrições que vão desde a forma como o alimento é cultivado até o tipo e a forma como ele é preparado.

-Os alimentos precisam ser o mais natural possível. Frutas e verduras livres de pesticidas e outros “venenos”, como fertilizadores etc.;

-Proteína animal o mais natural possível. Frango só orgânico;

-Apenas alimentos feitos com farinha integral são permitidos.

Compartilhamos abaixo as proibições de alimentos  na dieta ortomolecular:

A lista de alimentos proibidos vai variar de pessoa para pessoa, mas em geral é proibido:

-Leite de vaca;

-Manteiga e margarina;

-Carne vermelha (carne vermelha magra pode ser liberada);

-Produtos industrializados, como sucos, sopas, caldo de carne, enlatados;

-Adoçante, liberado apenas para diabéticos;

-Álcool.

Para fazer a dieta ortomolecular é necessário procurar por um médico e nutricionista para fazer exames e definir o que está em desequilíbrio no organismo. Só então você será apresentado a um cardápio com a quantidade de calorias e os alimentos certos para o seu corpo.

Agradecemos a visita em nosso site. Procuramos trazer sempre o melhor para você. Gostou da matéria! Uma maneira saudável de trazer ao corpo o equilíbrio necessário! Deixe seu comentário.

Print Friendly, PDF & Email

Comente Via FaceBook

Comentários

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.