Beleza

Criolipólise – Como Funciona

Criolipólise este tratamento foi desenvolvido nos Estados Unidos por cientistas da Universidade de Harvard. Ela utiliza baixas temperaturas para acabar com a gordura localizada. O aparelho é colocado na superfície da pele, fazendo as células de gordura ser congeladas a temperaturas negativas para serem destruídas.

Como Funciona a Criolipólise

O procedimento não é invasivo e tem como objetivo reduzir a gordura localizada. São aquelas que se concentram em determinadas áreas do corpo e da qual é muito difícil de se livrar. Mesmo depois de fazer algumas dietas e a prática de exercícios, elas teimam em ficar ali como o já conhecido “pneuzinho”. Em contato com a baixa temperatura, as células de gordura chamadas de adipócitos acabam por se romper totalmente. Desta maneira o corpo percebe que elas não fazem mais parte do organismo e as expulsam naturalmente. O tratamento tem feito muito sucesso e já recebeu o nome de “a nova lipoaspiração”, com a diferença de que diferentemente desse método, a criolipólise não é um procedimento cirúrgico.

Compartilhamos abaixo o tratamento:

-O fisioterapeuta aplica um gel para proteger a pele. Depois posiciona o aparelho na região a ser tratada e este irá sugar e resfriar esta área até cerca de 10º C, por 1 hora, tempo necessário para congelar a gordura localizada;

-A gordura se cristaliza, as células adiposas morrem e depois são eliminadas naturalmente pelo sistema linfático;

-Após a sessão é realizada uma massagem local para uniformizar a área tratada.

A recomendação é que se faça ao  menos uma sessão de drenagem linfática por semana para auxiliar na eliminação de gordura e agilizar os resultados. Mas, não é obrigatório associar nenhum outro tipo de tratamento estético ao protocolo da criolipólise. Não foi comprovado cientificamente de que sejam eficazes. Assim, basta apenas fazer a criolipólise e depois realizar as drenagens regularmente.

O tratamento através da criolipólise não é indicada para quem tem problema de  excesso de peso, obesidade, hérnia no local a ser tratado e problemas em relação ao frio como urticária ou crioglobulinemia, que é uma doença relacionada ao frio. Não deve fazer também as mulheres grávidas ou com alterações na sensibilidade da pele devido a diabetes.

Agradecemos a visita em nosso site. Procuramos trazer sempre o melhor para você. Gostou da matéria? O novo tratamento que promete substituir a lipoaspiração! Deixe seu comentário.

Print Friendly, PDF & Email

Comente Via FaceBook

Comentários

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.