Diversos

Chuva de Granizo – Como Acontece e Cuidados

Chuva de Granizo é um fenômeno atmosférico muito recorrente e tem como resultado a precipitação de bolas de gelo. Sua formação é bem parecida com a da chuva e da neve. Elas são formadas no interior das nuvens pelo processo de condensação de minúsculos cristais de gelo e gotículas de água. A maior pedra de gelo já registrada possuía, no momento da medição, 20 cm de diâmetro e pesava 880 gramas e foi encontrada nos Estados Unidos no estado de Dakota do Norte durante o ano de 2010.

Como Acontece Chuva de Granizo

As gotículas de água se juntam ao redor dos núcleos de condensação (que podem ser partículas de poeira, pólen, cinza vulcânica, etc) até atingirem tamanho grande o suficiente para se precipitarem. Durante a queda até a superfície continuam a aglutinar moléculas e aumentar de tamanho. O granizo é formado no interior de nuvens do tipo cumulonimbus, que são nuvens de grande extensão vertical e formadas por correntes (de vento) convectivas ascendentes muito velozes.

A velocidade do vento ajuda a levar a água para as partes da nuvem mais frias (abaixo de 0°C) com muita rapidez. Desta maneira, acontece seu congelamento. Quanto mais forte é o transporte da água dentro da nuvem, processo chamado de turbulência, maiores serão as bolas de gelo que cairão. As bolas de granizo tem classificação segundo seu tamanho: até 5 mm de diâmetro são chamadas de granizo mole, bolas de gelo ou bolas de neve; de 5 mm até 50 mm é comum serem chamadas de saraiva. A comparação com objetos também é muito comum, como ervilhas ou bolas de golfe. Importante lembrar que o formato das bolas é irregular e pode-se notar o aglutinamento da água nos momentos de formação das pelotas.

Cuidados Durante Chuva de Granizo

Como podemos perceber, as tempestades com ocorrência de granizo podem ser muito perigosas, pois podem ter força o suficiente para perfurar telhados, matar culturas agrícolas, causar acidentes de trânsito e até matar pequenos animais. As tempestades com ocorrência de granizo são detectáveis por imagens de satélite e radares meteorológicos. Plantações como a da uva, por exemplo, são muito sensíveis a pedras de gelo menores e sofrem prejuízos de milhões de reais que se somam a perda na economia. Por isso, os órgãos do governo monitoram constantemente o movimento das massas de ar e desta maneira alertar a população para a ocorrência de uma tempestade.

Compartilhamos abaixo alguns cuidados  durante chuva de granizo:

-Não se abrigar embaixo de árvores, placas de propagandas, torres de transmissão, estruturas metálicas ou estruturas frágeis por conta do risco de queda;

-Se estiver em deslocamento (carro, moto, bicicleta, etc) procure se abrigar embaixo de uma estrutura sólida, para evitar danos ao veículo e a você mesmo.

Agradecemos a visita em nosso site. Procuramos trazer sempre o melhor para você. Gostou da matéria? O granizo é comum na natureza, mas deve-se ter sempre muito cuidado! Deixe seu comentário.

Print Friendly, PDF & Email

Comente Via FaceBook

Comentários

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.