Saúde

Boca Estressada – Sintomas

Boca Estressada este é um problema cada vez mais comum, e que está associado com um quadro de estresse em todo o corpo. Quando nosso organismo percebe uma ameaça, ele libera hormônios que nos ajudam a sobreviver, seja fugindo ou lutando sem parar. A sucessão desses acontecimentos pode levar a problemas de saúde, como os problemas da boca. Estresse e saúde bucal estão ligados.

Sintomas de Boca Estressada

A boca estressada é apenas uma manifestação de um problema maior, e que, se não for tratado pode trazer consequências para diversas partes do corpo.  Já é de conhecimento de todos que  o estresse é uma alteração generalizada do nosso organismo para adaptar-se a uma situação nova ou às mudanças de um modo geral. O estresse faz com que nosso corpo fique mais atento e sensível diante de situações de perigo ou dificuldade. Mas, se o estresse passa do tipo transitório para acumulativo essas alterações psicofisiológicas irão afetar nosso dia a dia.  Por causa da tensão acumulada, entre 10 e 20 por cento da população sofre deste transtorno, o que pode levar a vários problemas orais, como o desgaste do esmalte dentário, por exemplo.

Compartilhamos abaixo os principais sintomas da boca estressada:

-Feridas na boca, incluindo aftas e herpes;

-Aperto e ranger dos dentes (bruxismo);

-Higiene bucal precária e hábitos alimentares prejudiciais;

-Doença periodontal ou agravamento de doença periodontal existente.

As aftas são pequenas ulcerações esbranquiçadas com bordas avermelhada pode ser imunidade baixa, bactérias ou vírus e o estresse emocional pode contribuir para o surgimento delas na boca.  Para diminuir a irritação, não coma alimentos muito condimentados e muito quentes ou alimentos ácidos, como tomate e frutas cítricas.

O herpes simples orolabial é causado pelo vírus HSV 1 e é contagioso. O estresse emocional pode desencadear a ocorrência de herpes.  Entretanto a  doença também pode ter inicio por causa de febre, radiação ultravioleta, escoriações na pele, menstruação, uso prolongado de antibióticos e imunidade baixa. É importante começar o tratamento logo que surgirem os primeiros sintomas da doença. São eles  o aumento da sensibilidade, “queimação” e coceiras na região dos lábios.

Todos estes sintomas afetam muito a qualidade de vida, mas antes de iniciar qualquer tratamento é preciso identificar a sua causa. Procure a ajuda de um dentista para certificar-se qual é a causa do problema e o melhor tratamento.

Agradecemos a visita em nosso site. Procuramos trazer sempre o melhor para você. Gostou da matéria! A boca também se ressente diante do problema de estresse! Deixe seu comentário.

Print Friendly, PDF & Email

Comente Via FaceBook

Comentários

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.