Beleza

Ácidos Para Pele – Tipos, Mais Usados e Cuidados

Ácidos Para Pele causam alguns efeitos na pele que devem ser levados em consideração. Existem muitos tipos e princípios ativos e deve-se também ter atenção a concentração utilizada. Os ácidos podem ajudar a rejuvenescer, eliminar manchas, clarear a pele e combater a produção excessiva de óleo.

Tipos de Ácidos Para Pele

A principal ação dos ácidos é esfoliar a pele e descamar. Desta maneira age como se forçasse uma troca de pele. As células mortas eliminadas ajudam a prevenir o surgimento de cravos e espinhas e combate os já existentes. Os ácidos atuam na derme estimulando a produção de fibras colágenas e elásticas, deixando uma textura mais firme, suavizando rugas superficiais. Algumas vezes ele age inclusive  eliminando manchas escuras da pele.

Compartilhamos abaixo alguns Tipos de Ácidos:

Fítico: antioxidante e clareador, encontrado nas sementes das plantas e nos grãos de alguns cereais.

Bórico: tem função antisséptica e aparece nas formulações de loções tônicas e adstringentes.

Fenol: através de um peeling profundo, combate os sinais extremos de envelhecimento. É dolorido e para a sua aplicação é necessária anestesia local.

Hialurônico: está presente naturalmente em nosso organismo, enrijecendo e amaciando a pele. A partir dos 30 anos de idade, sua produção cai e a reposição se faz necessária através de cremes manipulados.

Málico: extraído da maçã, deixa a pele viçosa, clareia manchas e atenua rugas. É encontrado em cremes industrializados ou manipulados.

Mandélico: esfoliante e clareador ameniza poros abertos e pode ser utilizado em peelings ou cremes.

Resorcina: usado em cremes ou peelings, é indicado para tratamentos de acne.

Ácido Tricloroacético (ATA): Usado em peelings, retira a camada superficial da pele dando lugar a uma nova. Tem efeito agressivo, criando uma crosta que permanece por cerca de dez dias, para depois surgir uma nova, bastante vermelha e sensível. É preciso fugir do sol por três meses.

Azeláico: ácido responsável para clarear sardas e melasmas (manchas do sol).

Ácidos Para Pele os Mais Usados

Ácido Retinóico: Proveniente da vitamina A, é considerado o mais eficaz para combater o foto envelhecimento e a acne. Ele proporciona maior firmeza e elasticidade à pele. Seu grande valor esta no tratamento da acne, do envelhecimento causado pelo sol e de estrias recentes. Utilizado antes dos peelings, afina e uniformiza a pele. Ainda pode facilitar a penetração da substância escolhida para o procedimento. Ele é recomendado em peelings durante o inverno ou em cremes de uso noturno. Inicialmente, deixa a pele descamada e vermelha e é necessário proteger-se contra o sol usando FPS acima de 15.

Ácido Glicólico: É retirado da cana-de-açúcar e tem grande capacidade de rejuvenescimento, agindo como esfoliante químico. Pode ser usado no verão e aparece em cremes ou peelings. Além de ser um forte hidratantes, causa uma leve esfoliação da camada superficial da pele. Ele facilita sua própria penetração e a de outras substâncias. Também acelera a renovação celular, deixando a pele mais lisa e uniforme. Trata manchas e cicatrizes de acne. Entretanto, sua indicação principal é o foto-envelhecimento e hidratação do rosto e corpo. Seu uso pode causar irritação em quem é predisposta a alérgicas ou tem a pele sensível. O fato de não reagir com o sol não deve ser usado como pretexto para se expor à ele. Pela sua ação esfoliante, a pele se torna mais sensível e fina, suscetível, portanto, a manchas e irritações. Antes de se expor ao sol, é preciso lavar o rosto, retirar completamente o ácido e passar um protetor solar acima de FPS15.

Ácido Kójico: uma substância produzida por um cogumelo japonês chamado Koji, que é usado também na fermentação do arroz. A vantagem do ácido kójico é que ele não é fotossensível, ou seja, não mancha a pele caso se exponha ao sol. Por isso pode ser usado inclusive durante o dia. Além do seu efeito despigmentante, o ácido kójico também atua como antisséptico, impedindo a proliferação de fungos e bactérias na pele. Ele age como antioxidante, prevenindo contra o envelhecimento cutâneo. Pode ser usada em formulações junto com ácido glicólico, vitamina C, entre outros ativos. A principal desvantagem é que ele é menos potente que a hidroquinona como clareador e seus resultados costumam levar mais tempo para aparecer.

Hidroquinona: A hidroquinona é o ingrediente ativo mais prescrito pelos médicos dermatologistas para tratar manchas na pele. Mas ela não é bem tolerada porque causa muita alergia. Ela é bastante eficaz no combate às manchas na pele e continua sendo bastante prescrito, seja em produtos prontos ou em manipulados. Tem ação direta nos melanócitos, dificultando a reação química de formação da melanina (responsável pela pigmentação da pele). Ao mesmo tempo ele quebra as bolsas que guardam a melanina dentro das células — tendo, portanto, ação dupla.

Cuidados Com os Ácidos Para Pele

Os ácidos deixam a pele mais fina e ela fica mais vulnerável à ação dos raios ultravioletas do sol. É necessário durante o tratamento com ácidos proteger a pele do sol constantemente, utilizando filtros solares com alto fator de proteção no seu dia-a-dia. Quem não abre mão de se bronzear e ficar exposto ao sol seja na piscina ou na praia ou até mesmo durante seu dia a dia não deve fazer este tratamento. Quem não está disposto a evitar o sol (ficar na praia exposto ao sol forte, por exemplo), não deve fazer estes tratamentos. Querer tratar a pele sem abrir mão de se queimar ao sol é uma contradição, pois é a radiação solar a principal responsável pelo envelhecimento.

Se as exigências com a proteção solar forem respeitadas, os tratamentos com ácidos ajudam a rejuvenescer a pele. È importante evitar o uso à base de soja que contenham fitoestrógenos o uso de hormônios podem agravar o problema. Sempre consulte um médico dermatologista antes de iniciar qualquer tipo de tratamento. É fundamental uma avaliação precisa da sua pele antes de aplicar qualquer produto.

Agradecemos a visita em nosso site. Procuramos trazer sempre o melhor para você. Gostou da matéria! Excelente tipo de tratamento, mas que deve ser feito com atenção e cuidados! Deixe seu comentário.

Print Friendly, PDF & Email
Últimas Pesquisas:
  • quaos os acidos mais usados para a pele
  • tipos de acidos e sua funcao na pele

Comente Via FaceBook

Comentários

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.