Saúde

Bifidobactérias – Beneficios

Bifidobactérias  é um gênero de bactéria anaeróbica e age como um probiótico beneficente para a saúde humana. Elas são uns dos maiores grupos de bactéria que compõe a microbiota intestinal. Elas residem no cólon e promovem benefícios para a saúde de seus hospedeiros. São os microrganismos amigáveis que servem para aliviar os sintomas de doença inflamatória intestinal

Benefícios das Bifidobactérias

Normalmente os antibióticos atrapalham o equilíbrio da flora intestinal natural. Por isso o uso de probióticos, do tipo Lactobacillus, Streptococcus, Bifidobacterium restauram a população de bactérias benéficas. Quando nascemos o trato gastrointestinal de um bebê ainda é estéril. Ele recebe seu primeiro aporte de bactérias enquanto se move através do canal do parto e também através do leite materno. Uma  teoria é que a utilização das bifidobacterias probióticas durante o tratamento com antibióticos pode ajudar a prevenir ou diminuir a morte das bactérias benéficas do organismo e a dominação por parte das bactérias maléficas ao corpo.

Compartilhamos abaixo alguns benefícios das bifidobacterias:

Os lactobacilos e as bifidobactérias mantém a homeostase perfeita da flora intestinal. Eles fornecem substâncias orgânicas que são benéficas ao organismo. Entre esses compostos encontram-se aqueles que têm a capacidade de aumentar o PH do intestino e dessa maneira reduzir a reprodução de muitas bactérias nocivas. Essa bactérias poderiam vir a causar um grande número de doenças ao corpo humano. Ou seja, ele trabalha para proteger as células que revestem as paredes intestinais de agentes tóxicos. Ela também ajuda as células imunes assim que eles são capazes de viver o suficiente para tornar-se maduro.

A suplementação de Bifidobacterium bifidum incentiva a resistência das infecções intestinais. Ela é o resultado da síntese de vitaminas do complexo B e da absorção do cálcio. Bifidobacterium bifidum também ajuda a diminuir os sintomas de diarreia e constipação intestinal em quem apresenta esses sinais clínicos.

Síndrome do intestino irritável  o uso para tratamento deste problema de saúde tem se mostrado satisfatório. A explicação é que o uso de probióticos pode ser útil em relação aos sintomas da doença. Mas, os tipos de probióticos utilizados para esse fim merecem atenção. A ingestão da espécie Bifidobacterium infantis 35624 durante oito semanas foi apontada como útil para diminuir os sintomas da doença. E também o uso de um produto em particular contendo espécies de bifidobacterium, lactobacillus e estreptococo parece diminuir o inchaço em pessoas com a síndrome do intestino irritável.

Pouchite poucos conhecem mas ela  é uma complicação que pode surgir após a cirurgia para a colite ulcerativa. Acredita-se que tomar certo produto composto por uma combinação entre bifidobacterium, lactobacillus e estreptococo via oral pode ajudar a prevenir o problema.

Devido às suas propriedades anti-inflamatórias, pode ser especialmente útil com doenças auto-imunes, como síndrome do intestino irritável (IBS), Doença inflamatória intestinal (IBD) e a doença de Crohn. Ele mantém o equilíbrio da microflora dentro dos intestinos enquanto trabalhava simbioticamente com outros agentes bacterianos bons para promover a digestão e boa saúde.

Algumas das pesquisas mais promissoras em bifidobactérias têm a ver com o seu potencial para ajudar a prevenir os cânceres de mama, cólon e fígado. Isto é devido à proteção das bactérias de diferentes substâncias cancerígenas, incluindo quinolinas metílicos, aminas heterocíclicas, nitrosaminas e azomethane.

As bifidobactérias são responsáveis pela remoção de sais biliares no intestino grosso, e os cientistas pensam ser um dos mecanismos responsáveis pela redução do colesterol. Em vários estudos, as células de bifidobactérias foram capazes de remover o colesterol das culturas de células de laboratório.

Agradecemos a visita em nosso site. Procuramos trazer sempre o melhor para você. Gostou da matéria? Um gênero de bactéria anaeróbica e atua como um probiótico beneficente para a saúde humana! Deixe seu comentário.

Print Friendly, PDF & Email

Comente Via FaceBook

Comentários

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.